autora do blog

autora  do blog
Utilidade publica

Sobre o blog

FALANDO UM POUCO DE TUDO.
DOS SONHOS, A REALIDADES, COM GRAÇA.
+ ATUALIDADES
MODA.
SAÚDE
CURIOSIDADES
NOTICIAS ATUAIS
UTILIDADE PULICA

sábado, 4 de junho de 2016

Relação entre pais e filho e conflitos familiares

01. JUSTIFICATIVA

             Com base na vivência do dia a dia do setor psico social da Secretaria Municipal de Assistência Social do município de Joca Claudino/PB e através dos dados  levantados nas reuniões entre equipes interseto rias conclui-se que a relação entre pais e filhos no convívio familiar tem sido um dos temas mais abordados na área educacional e social. Na maioria dos casos afirma-se que os pais não têm mais autoria e controle sobre as atitudes dos filhos. Uma das grandes contribuições para isto tem sido o fácil acesso aos meios de comunicação, que representam um dos pontos mais cruciais na influência negativa na educação dada pelos os pais.
A escolha por este tema se justifica pelo o meu interesse em aliar minha formação acadêmica a minha atuação profissional enquanto Secretário Municipal de Assistência Social no município de Joca Claudino-PB. 
Buscarei efetivar as propostas aqui empreendida na relação familiar entre os conflitos de pais e filho moradores da sede do município de Joca Claudino, visando contribuir para formação dos cidadãos joca claudienses.
O atual projeto é formado por cinco pontos: O 1º ponto é a justificativa, a justificativa é a parte que apresenta o projeto; o 2º ponto são os objetivos, parte do projeto que aponta o que o pretende alcançar; o 3º ponto é a metodologia onde apresenta de que forma o projeto deve ser executado; o 4º é o cronograma, está parte organiza o tempo para execução do projeto e o 5º ponto e último é o referencial teórico onde os autores estudiosos no tema em questão tem um diálogo com o tema, relação entre pais e filhos e conflitos familiares.
02. OBJETIVOS
- Reconhecer os principais aspectos relacionados com os conflitos entre pais e filhos;         - Analisar a relação entre pais e filhos no convívio familiar;                   - Identificar as principais causas de conflitos entre pais e filhos;                           Perceber a concepção dos filhos a respeito dos conselhos dados pelos os pais.
03. METODOLOGIA
A presente pesquisa trata de uma pesquisas bibliográfica e documental. O presente trabalho foi construído a partir de leituras de textos de artigos de autores estudioso no tema em questão, expostos na Internet e dos dados de vivências nas reuniões intersetoriais do município de Joca Claudino/PB., no período de 2010 a 2011. Para adquirir os dados da pesquisa foi aplicado um questionário contendo dez questões e uma entrevista composta de dez perguntas. O trabalho apresentado teve uma duração aproximada de um mês. As entrevistas foram aplicadas nas residências e no local de trabalho dos moradores da sede do município de Joca Claudino/PB. Como o tema esta relacionado aos conflitos familiares, o questionário e a entrevista foram direcionado aos pais e filhos, os principais sujeitos.

Empregada doméstica no mercado de trabalho

Segundo dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a baixa remuneração e altas cargas de trabalho contribuíram para a migração das antigas domésticas para outras áreas do mercado. A realidade brasileira está sendo refletida em todos os setores e não foi diferente para as empregadas domésticas, que decidiram apostar na qualificação para outros setores, com cargas horarias mais moderadas e melhor remuneração. O Dieese também aponta que o mercado acabou absorvendo muitas dessas profissionais para atuarem em indústrias, comércio e confecções, além de elas atuarem também como diaristas, que seria uma modalidade mais informal da profissão, sem carteira assinada e com menos frequência de trabalho. 

Entre os anos de 2003 e 2010, foram criados mais de 15 milhões de empregos em território brasileiro e, somente no ano passado, o país conseguiu gerar mais de 2,500 milhões de novas vagas, desempenho que ultrapassou a meta estabelecida de 2 milhões de emprego. As empregadas domésticas representam 8,5% do volume de mão de obra total e 92% das vagas são preenchidas por mulheres. O piso salarial de uma empregada doméstica no estado de São Paulo é de R$ 900 e a procura por essas profissionais é tanta que falta mão de obra qualificada. Percebe-se um aumento de mais de 80% na procura por empregadas domésticas. 
No caso das diaristas, houve uma queda de 60%. Essa queda na procura por diaristas é explicável fazendo a seguinte comparação: uma diarista contratada para trabalhar duas vezes semanalmente custa, em média, R$240, somando R$ 960 ao mês - além do vale transporte. No caso da empregada doméstica, ela precisa trabalhar entre quatro e cinco vezes por semana para, no fim do mês, receber R$ 1,2 mil, com descontos. Ou seja, para as profissionais que atuam no mercado como autônomas, ter clientes fixos em duas residências e trabalhar apenas duas vezes por semana lhe renderia R$ 1.920 ao mês, valor acima do que é recebido pela profissional contratada. O fato é que muitas das empregadas domésticas brasileiras estão cada vez mais deixando para trás a segurança do emprego formal e apostando nas conveniências do mercado autônomo, prestando serviços eventuais - e não habituais - e flexibilizando seus dias de trabalho, por exemplo. 

Apesar da falta de interesse das profissionais pela carteira assinada, ainda existem domésticas que continuam atuando de forma tradicional. Para Fernanda de Oliveira, doméstica há 6 anos em São Paulo, a segurança do emprego formal vale muito mais que o aumento do salario. Ela diz ainda que prefere ter a certeza de que terá direito a férias anuais e que receberá o 13º ao fim de cada ano, além de não precisar gastar do próprio bolso para pagar pelo deslocamento para o trabalho e ter o direito de receber sua aposentadoria mais tarde.

Mudanças Do Meio Ambiente!



         Existe uma nova realidade, o clima está mudando e seus efeitos são mostrados nas mídias. As tragédias climáticas, provocadas pela nossa própria ignorância, geralmente sobre forma violenta, arrastando moradias, economias e ceifando vidas é fruto das atitudes do Homem sobre o Planeta.
         O Brasil já começa a sofrer com os impactos da natureza, como secas, alagamentos, ventos fortes e até mini-ciclones em boa parte da costa litorânea brasileira. Vários tremores de terra já começam a ser notados em vários locais do país. Mas afinal o que está acontecendo com o clima?
         Nós abusamos da natureza durante séculos, principalmente nas últimas duas décadas, em que boa parte da flora e fauna terrestre simplesmente sumirem em prol do progresso tecnológico, nós ainda poluímos nossa terra com lixo residencial, industrial e outros, o resultado disto tudo não poderia ser pior para a Humanidade. Hoje temos chuvas ácidas, lagos, rios e praias contaminadas e impróprias para banho, secas, oscilações bruscas de temperatura, baixa umidade do ar, em outras as águas ou os ventos podem nos surpreender.
          Investir em tecnologias limpas, renováveis e inteligentes. Boulder, no Colorado, EUA e Singapura na Ásia, são alguns exemplos a serem seguidos. A energia limpa poderá trazer uma revolução energética com efeitos transformadores, como foi à internet para a comunicação global.
          A responsabilidade da sobrevivência do Homem no Planeta Terra é de cada um de nós. Vou comprar produtos, qual a empresa que agrega mais valor à sustentabilidade? Automaticamente devo pensar, esta empresa respeita a vida?
          Para tomar consciência da defesa da natureza são necessárias à participação coletiva sejam em gestos simples como plantar árvores ou respeitar o elemento mais caro do nosso planeta que é a água. Em vários países em que este bem é escasso os utensílios de cozinha são lavados com areia.
          Hábitos alimentares necessitam de mudanças ou estaremos contribuindo para que os povos deste Planeta passem por distúrbios climáticos sem precedentes.
          Em cada quilograma de carne bovina que comemos são necessários 5.000 litros de água, isto é um absurdo. As mudanças de hábitos de consumo devem ser gradativas. Verificar onde sua cidade está destinando o lixo gerado (75% do lixo no Brasil são destinados em lixões sem proteção nenhuma). Poucas são as cidades que encaminham os resíduos a um destino correto que é um Aterro Sanitário Industrial, onde não há riscos de contaminação de lençóis d’água, também chamados de freáticos (rios subterrâneos). O combate a queimadas nas áreas rurais que destroem os nutrientes do solo, também é importante.

Calvície: causas e tratamento natural para a queda de cabelo

A calvície, que atinge cerca de 50% dos homens e 5% das mulheres, é responsável por diminuir a autoestima de muitas pessoas que são atingidas por esse problema.
Para os homens a calvície tem início, normalmente, a partir dos 20 anos. Já para as mulheres, a calvície pode ter início na adolescência. Porém, precisamos lembrar que a cada de cabelos é gradual. No início, é praticamente imperceptível.
O Que é a Calvície?
A calvície, chamada cientificamente como alopécia, é a perda parcial ou total de cabelos. Como falamos anteriormente, pode ocorrer em ambos os sexos.
O Que Causa a Calvície?
Ao contrário dos boatos que surgem a todo momento, a calvície possui apenas uma causa bem específica: fator genético.
O que acontece é que usar bonés, utilizar muito gel e demais outros fatores, podem causar a queda de cabelo, mas jamais a calvície.
A calvície é causada segundo a herança genética e, no caso da calvície masculina, é chamada como alopecia androgenética. Já no caso da calvície feminina ocorre uma calvície poligênica.
Em um estudo que foi realizado em grande escala em Maryborough, Austrália, pôde-se constatar que a perda de cabelo na parte frontal da cabeça afeta cerca de 73,5% dos homens e 57% das mulheres, com 80 anos ou mais.
Dessa porcentagem, aproximadamente 25% dos homens começam a apresentar os primeiros sintomas de calvície a partir dos 20 anos. Os demais passam a  apresentar a condição a partir dos 60 anos.
Tratamento natural para a calvície
Quando dizem que a calvície ainda não tem cura, estão falando a verdade.
Porém, apesar de ainda não existir a cura definitiva para a calvície, alguns remédios naturais podem ter um efeito muito bom no tratamento da queda de cabelo, saúde dos fios e do couro cabeludo.
Quais Os Tratamentos Disponíveis?
Há diversos tratamentos disponíveis para a calvície. Eles variam desde corticoides, fototerapia, transplante de cabelo, injeções de esteroides e até mesmo produtos à base de ervas e extratos medicinais.
Os corticosteroides podem ser administrados oralmente, injetados ou aplicados de maneira tópica. No entanto, podem causar efeitos colaterais severos. As injeções de esteroides são normalmente utilizadas em pequenas áreas de perda de cabelo.
Já no caso da fototerapia, é um método utilizado para tratar doenças de pele, mas também pode estimular o crescimento do cabelo.
Há também o transplante de cabelo e a redução do couro cabeludo são procedimentos cirúrgicos utilizados para cobrir áreas calvas. Porém, trata-se de um tratamento caro e doloroso.

O psicológico, emocional x emagrecimento

                   Em alguns casos são vários os problemas emocionais que podem levar ao aumento de peso ou impedir que a pessoa emagreça vejamos:
+ Compulsão Alimentar, pessoas quem comem não por fome, mas que o fazem por ansiedade, apressadamente ingerindo grandes quantidades de alimento num período curto de tempo, sentindo-se depois arrependidas ou culpadas, como se fosse uma forma de compensação. De repente começaram a comer e não param mais, a não ser quando estão empanturradas, cansadas ou com mal estar. Se a compulsão estiver presente e não for tratada, inviabilizará todos os esforços da pessoa para emagrecer.
+ Depressão, hoje em dia afeta algumas pessoas que estão deprimida, angustiada, triste, tem entre outras, uma alteração no comportamento alimentar para mais (ou para menos) que pode levá-las a engordar ou a emagrecer. Há em alguns casos queda da motivação para dieta, exercício físico, auto-depreciação, pessimismo, isolamento, confusão mental... . Quando a depressão estiver presente em algum grau no paciente a emagrecimento deverá ser tratada prioritariamente.
+ Ansiedade, é um dos maiores vilões, inimigo número um das dietas alimentares, apresenta-se em diversas formas ( pânico, fobia social, ansiedade generalizada, fobias, stress pós-traumático, fobias especificas, entre outras), pessoas tensas, excessivamente preocupadas, com pânico, com medos diversos, podem encontrar no alimento uma fuga para seus males para um estado interno de desconforto.
+ Dificuldades Sexuais, Conjugais ou Afetivas, é sempre importante verificar o que se esconde por trás de uma obesidade ou excesso de peso. A gordura pode servir como escudo para evitar relacionamentos, não assumir a própria sexualidade ou mesmo como forma de rebelião passiva a situações conjugais conflituosas.
+ Stress, alguns casos é comprovado que o stress te influência sobre o peso corporal, seja pelo aumento e alguma medicação ou pelo aumento da quantidade de comida ingerida, que passa a atuar inadequadamente como mecanismo de anti-stress.
+Dificuldade de Controle de Impulsos, pessoas impulsivas que não conseguem adiar a gratificação á médio prazo, são mais vulneráveis a uma sabotagem em sua dieta.
+ Problemas de Relacionamentos, algumas pessoas tem dificuldades de relacionamento familiar, conjugal, namoro, social (timidez excessiva, agressividade social, baixa qualidade de vida social) podem levar a pessoa a atacar o prato de comida ou não.
                     Comer de forma excessiva motivado pelos sentimentos faz mal à saúde, quando os sentimentos afetam nosso estômago na hora de comer, fazendo com que a ansiedade, a raiva, a tristeza, aumentem nosso apetite, é preciso tomar alguns cuidado. Isso porque, comer levado pelos sentimentos pode trazer sérios riscos para a saúde. Diante de diversas situações sempre buscamos encontrar uma saída para o sentimento de ansiedade, muitas pessoas acabam cometendo excessos alimentares como busca inconsciente para amenizar sensações desagradáveis, tais como cansaço, stress, solidão, tristeza, raiva, gerando um quadro de sobrepeso e até obesidade. Além das doenças relacionadas ao sobrepeso, como pressão alta, diabetes, doenças do coração e infarto, os efeitos emocionais também são preocupantes, mas mudar a forma de se alimentar envolve questões físicas e emocionais – difíceis de modificar e o principal responsável pelo fracasso das dietas.

Kettlebel: a chave para emagrecer mesmo

Quando falamos em emagrecimento, uma série de equipamentos, modalidades e até mesmo exercícios nos são indicamos como verdadeiros milagres. No entanto, nem todos entregam os resultados que prometem, o que faz com que muitas pessoas acabem desanimando na hora de perder peso e tonificar os músculos.
A Kettlebel chegou para revolucionar todo o setor do emagrecimento e é vista pelos especialistas como a modalidade mais eficiente para quem precisa eliminar a gordura acumulada no corpo de forma certeira. Nesse artigo vamos explicar o que é a Kettlebel e por que ela é tão eficiente para o emagrecimento.

O que são as Kettlebels?

Originário da Rússia, esse equipamento nada mais é do que um peso com alças. Sim, aqueles pesos de bolas que possuem alças e que você provavelmente já viu alguém jogando acima da cabeça em alguma aula nas academias.
Eles nasceram no século XVIII e nada mais eram do que contrapesos usados para o mercado de grãos vendidos na rua. O treinamento realizado com essas bolas começou a acontecer entre esse século e o século XIX por atletas que se categorizavam como os "mais fortes do mundo".
Elas podem ser encontradas em pesos e tamanhos diferentes e começam normalmente com 6 kg, 8 kg, 12 kg, 16 kg, 20 kg, 24 kg, entre outros. O melhor é que ele era usado tanto quanto complemento para a musculação como em uma atividade única, sendo que, neste último caso, foi se aperfeiçoando ao longo do tempo.

Como funciona a aula hoje?

Atualmente a Kettlebel é usada em movimentos enérgicos feitos sempre com uma música que ajuda os praticantes a não perderem o fôlego e nem mesmo o ritmo. O que acontece é que esses movimentos realizam uma verdadeira transferência de força, que proporciona um trabalho corporal maior e mais efetivo do que todas as outras atividades que prometem emagrecer.
As aulas são normalmente realizadas em apenas 30 minutos e podem queimar até 400 calorias, um valor alto para quem está querendo colocar o corpo para malhar. Todas as aulas são feitas em 4 módulos que visam o fortalecimento de glúteos, membros, inferiores, abdômen, quadril, entre outros.

Suplemento natural ajuda emagrecer sem efeitos colaterais

São muitos os benefícios do Goji Diet, nele encontramos minerais, vitaminas e antioxidantes, com ele você não vai apenas emagrecer, mas também ficará com muita vitalidade e saúde. As cápsulas apresentam ingredientes benéficos para o organismo e que não possuem nenhum efeito colateral.  O Goji Diet reduz a gordura abdominal (a mais difícil de ir embora), ajuda a diminuir a celulite, desintoxica o organismo, possui  antioxidantes e anti-inflamatórios e ainda acelera o metabolismo.

O suplemento emagrecedor Goji Diet é totalmente natural e não tem efeitos colaterais, o que o torna seguro e não traz nenhum risco à saúde. Mas mesmo o Goji Diet sendo tão seguro, é importante seguir corretamente as indicações da forma de consumo do produto e tomar a quantidade de cápsulas indicada pelo fabricante, pois não terá resultado maior ou mais benéfico se for tomada uma quantidade maior de capsulas por dia, ao contrário, poderá até prejudicar. É preciso saber consumir o Goji Diet corretamente para que os resultados venham rapidamente.  Muitas pessoas que já usaram o suplemento garantem a qualidade e o resultado dele, que são visíveis em pouco tempo.

É importante lembrar que o suplemento não vai liberar a pessoa para comer de tudo, pois se ela começar a tomar o Goji Diet e comer mais do que antes, não vai funcionar e então o objetivo de emagrecer não será alcançado. Você deve continuar comendo normalmente que o resultado surgirá.

Como tratar espinhas inflamadas

As espinhas, o nome comum que damos para a acne, é uma dificuldade pela qual muitos passam. Características na adolescência, as espinhas acabam aparecendo durante toda a vida, já que muitas vezes existe acúmulo de oleosidade na pele, que pode gerar acne.
Muitas vezes, estas espinhas acabam inflamando, devido a uma série de micro organismos que acabam se aproveitando do excesso de oleosidade da pele para se desenvolver, ou seja, além do entupimento padrão do poro, temos também a inflamação do mesmo.
Vamos dar algumas dicas para evitar que estas espinhas inflamadas se tornem problemas ainda maiores.
O que NÂO fazer em caso de espinhas inflamadas.
Sabemos que a coisa que mais desejamos fazer quando temos uma espinha, especialmente as inflamadas (e até mesmo espinhas internas), que ficam ainda mais vermelhas, feias e doloridas, é espremê-la e acabar de vez com o inconveniente, mas sabemos que isto é a pior coisa que podemos fazer, já que desta forma, além de espalharmos o agente contaminador que inflamou a espinha, podendo piorar o quadro geral, podemos também marcar nossa pele de forma permanente ao tentar espremer diretamente uma espinha inflamada.
Dicas para cuidar das suas espinhas inflamadas.
Sabemos que o melhor tratamento é a prevenção, mas caso você já esteja com suas espinhas inflamadas, é melhor seguir algumas destas dicas, para ajudar a diminuir e melhorar quadro de acne. Caso você não tenha melhora, consulte um médico.
  • Quente e frio. Sabemos que o aumento e a diminuição da temperatura melhoram a situação de uma espinha inflamada. Você pode submetê-la a um algodão com água quente (não quente demais, para evitar queimaduras) para amolecelê-la e permitir que caia mais facilmente (alguns recomendam a retirada com gaze, mas ainda assim é um procedimento de risco, faça por sua conta e risco). O gelo pode ser usado para diminuir a vermelhidão e melhorar um pouco a aparência geral da espinha, sendo especialmente recomendado para grandes áreas de espinhas problemáticas.
  • Mel: O mel é um excelente reconstrutor da pele, podendo ser usado também nas áreas sem espinha por sua função anti-inflamatória. Passe e deixe agir, em média, por uma hora, depois lave com água gelada e hidrate.
  • Clara de ovo: uma receita para ajudar a secar espinhas inflamadas é clara de ovo. Bata a clara em neve e deixe na geladeira por uma hora e então aplique no rosto. Deixe agir por 20 minutos e enxágue com água gelada.
Estes tratamentos são uma opção para espinhas mais ocasionais, caso seu caso de acne esteja se espalhando rápido ou com espinhas fora do comum, procure um dermatologista.

Como combater a ansiedade e nervosismo sem medicamentos?

Vivemos num período em que cada vez mais pessoas sofrem de ansiedade, nervosismo constante, tristeza ou até mesmo depressão. Aprenda a controlar os seus sintomas e a sentir-se melhor consigo mesmo sem recorrer a medicamentos.
Estes sintomas devem-se na maioria dos casos a cansaço devido ao excesso de trabalho e a preocupações familiares ou financeiras. Este artigo apenas sugere algumas ações que o podem ajudar a reduzir o stress, a ansiedade e o nervosismo. Deve, em todo o caso, consultar o seu médico se precisar de ajuda adicional.

Pratique desporto

A prática de desporto de uma forma regular diminui os níveis de ansiedade e a probabilidade de sofrer de depressão. O exercício físico permite-nos abstrair das nossas preocupações e promove uma sensação de bem-estar. Esta prática vai ainda aumentar-lhe a auto estima. Todos gostamos de ver o nosso corpo bem cuidado e elegante.
Sentir-se-á cansado nas primeiras sessões, mas este cansaço físico em vez de mental é bastante benéfico. O cansaço físico vai ajudá-lo a dormir melhor. Um sono reparador é essencial para acordar no dia seguinte bem-disposto e com energia suficiente para enfrentar os problemas.